segunda-feira, outubro 01, 2007

O perfume da magia voltou ao Universitário

O CDUL fez o seu primeiro jogo da época 2007/2008. A apresentação de alguns dos reforços, a estreia de Sassá como mister, o regresso dos já lendários Pedro (Melo e Castro e Gonçalves) e a confirmação de alguns dos nossos melhores talentos eram razões bastantes para o ambiente de festa que se viveu.



No entanto, a grande atracção foi o regresso aos relvados de Diogo Matos Chaves, o Eskimó que veio do oblívio para ordenar, comandar e maravilhar as tropas CDULenses. Foi com um alguma apreensão que a bancada recebeu a decisão da nova Equipa técnica (Melo e Sassá) de relegar o veterano para o banco de suplentes. Aliás, fossem os treinadores outros, menos amados, e este repórter não duvida que se teriam ouvido assobios ecoar no campo n.º 2 do Universitário.

O tempo, esse padrasto que voa nas horas de aperto e rareia nas de anseio, indulgenciou por fim o público e foi dada ordem de entrada a Eskimó. A classe do veterano não demorou a transparecer. Do outro lado, um abertura pouco conhecedor da gloriosa história do seu adversário, vê a cara (para ele) desconhecida do super-humano talonardor/abertura e pontapeia o melão bem alto, colocando à prova os nervos de aço do homem de gelo. Debalde, uma vez que Eskimó, impulsionado no ar uns bons metros acima dos concorrentes, reclama como seu o mais precioso dos tesouros, e rapidamente o disponibiliza, com a simplicidade dos grandes mestres do rugby.

Na verdade, foi um festival de Eskimó, que incluiu até um “sprint” fenomenal na linha lateral, rumo aquele que seria o merecido ensaio. Expliquemos a sequência: os avançados encadearam umas fases de jogo, bem conseguidas, dentro dos 22 metros adversários, a cair para o lado esquerdo, na perspectiva de quem ataca. A valência defensiva adversária compromete mais jogadores do que aqueles que o CDUL quereria.

Entretanto, matreito, Eskimó posa junto à linha lateral direita e acena para o fantasista Lagostinhos, demandando uma bomba bem alta, diagonal, a cair sobre as costas do ponta adversário.

Lagostinhos, com o cérebro a 100%, chuta a bola pedida e Eskimó corre para, depois de recolhido o melão, executar o toque de meta e ouvir os cânticos da multidão louca. Infelizmente, e traído pelos nervos de jogar com um dos mais sonantes nomes do rugby mundial, Lagostinho mede mal o pontapé e a bola perder-se pela linha final. Tudo terminou com a demonstração de grandeza humana de Eskimó que, agradecido, pediu a Lagostinho que fosse para um certo sítio.



E como comentar as introduções de bola na touche? Na circunstância, as palavras são como o oxigénio no pico dos Himalaias... escasseiam. Técnica perfeita, pose digna e ameaçadora, as bolas saem das suas mãos como balas certeiras apontadas ao âmago da esperança adversária. A dada altura, e desejoso de mostrar toda a sua parafernália de soluções, Eskimó pisca o olho a Fialho, pilar não menos brilhante e grande reforço do CDUL, como quem diz: “ao meu sinal, vira-te que eu vou enviar a bola para as tuas mãos com a suavidade de quem barra mel numa torrada acabadinha de sair...”. Todo o alinhamento esperava o lançamento ortodoxo e milimétrico de Eskimó que, com o tradicional sorriso de quem engana este mundo e outro, finge o lançamento e oferece, em bandeja de prata, o ensaio a Fialho. Traído pela ocasião – jogar com um dos melhores do mundo, Fialho deixa cair a bola e o ensaio esfuma-se.



O traquejo do nosso mais recente reforço ficou ainda bem patente nos alongamentos que realizou, sempre no limite da ruptura e com grande sacrifício pessoal. Gémeos, glúteos, quadricipedes, não houve grupo muscular que tenha acumulado uma gota de ácido. Um exemplo para todos nós.

Bem regressado sejas Diogo Matos Chaves Eskimó. O Universitário sentia a tua falta!

Para os devidos efeitos declaro que nunca o Miguel Rodrigues teria a arte para escrever tão lindo ode, nem se atreveria a tal. O autor esconde-se sob a capa do anonimato, mas dizem as más línguas que se trata do futuro Presidente da FPR.

16 comentários:

Anónimo disse...

podia ao menos dizer quanto e que ficou ?

Anónimo disse...

Quem escreve assim náo engana.....

um abraço dos filhos

Cenourra e Bido

Anónimo disse...

Vá pessoal.....vamos lá a pôr o LOBI CDUL a funcionar ....Preciso de um bilhete para a meia final de dia 13.

1abr.

Steve

Anónimo disse...

José Pinto no PARIS, para ir para o banco devido á saida de Pichot. Vasco Uva no Cleremont. Juan Severino e Cristian Spachuck ambos no Beneton Treviso. Diogo Mateus vai viver nova experiencia internacional mas agora na 2 divisão inglesa nomeadamente no Northampton Saints. Antonio Aguilar no Bayonne (prod2). Girão no Madrid 2012. Pedro Carvalho irá jogar no Agen(prod2) para substituir Caucaunibuca. Pedro Cabral vai jogar para o La Rochelle tambem da ProD2. Pedro Leal volta ao Brive depois de poucos anos. David Mateus está negociar ir jogar para a Auch do top 14 de frança. Juan Murré no Oyonnax. Joao Uva irá jogar para o Doncaster na 2 divisao inglesa por fim Duarte Cardoso Pinto irá jogar no Leeds.
David Penalva esta a negociar a ida para o TOP 14 com o Castres"....

Anónimo disse...

Girao no Madird 2012!

No Record de 1.10.07

"Os Lobos começam a colher os primeiros frutos da boa participação no Mundial de França. Tiago Girão, 3.ª linha que até aqui alinhava no CDUL, vai representar o Madrid 2012 já a partir da próxima temporada."

MATeixeira disse...

Este eximio jogo de palavras tresanda a neves...

Anónimo disse...

Steve,
Parece-me que o Duagte está a tentar despachar bilhetes para as 1/2finais...

Anónimo disse...

Cassi FIFA Neves é claramente o autor desta bela ode a Eskimel

Anónimo disse...

eskimo, ao longe folgo em saber deste regresso aos relvados.
grande abraco
appleton

ps:luisinho, belo texto

Anónimo disse...

As palavras são poucas para laurear este portento do CDUL

Cassi

Anónimo disse...

kual a veracidade do coment em relação ás transferências de jogadores da selecção?

miguel rodrigues disse...

Tangas de um anónimo que quer espalhar a confusão, ou está mal informado. A única confirmada é a ida do Tiago Girão para Madrid.

vasco thomaz disse...

para mim é esta a diferença entre o rugby e o futbol....boa sorte gladiador chaves

Anónimo disse...

tenho bilhetes para os 1/4 de final em Marselha
INglaterra- Austrália
Africa de Sul-Fiji

2 para cada jogo

PEdro Melo e Castro

Anónimo disse...

cassi,

obrigado por nos deliciar com a narração do jogo que diogo esquimo chaves fez no EUL...

rui pinto disse...

muito bom, muito bom! eheh